Os venenos da vida



As emoções perturbadoras são como o vento que surge num céu vazio, ou como as nuvens que chegam e que passam. Ao perceber essas emoções que incomodam ou mesmo perturbam, é necessário reconhecê-las, identificar as suas causas, colocar tudo ao lado e transmutar, ou seja, mudar por outros sentimentos que geram alegria, amor, generosidade, felicidade. Apenas deixe as perturbações no vazio e permita que a mente traga imagens puras e pensamentos na natureza.

Na raiz das emoções perturbadoras vamos encontrar os cinco venenos, como nos ensina o Budismo, que são: a raiva, a vaidade, o desejo, a inveja e o apego.

Além desses, o Budismo nos fala de outros três venenos que provocam aflições mentais: a paixão, a agressão e a ignorância.

Podemos ver melhor e superar as aflições perturbadoras nas quatro atitudes incomensuráveis, de acordo com os ensinamentos do mestre Buddha Shakyamuni: o amor, a imparcialidade, a compaixão e a alegria. Ser imparcial é o início.

E quando desejamos o amor, queremos que os seres sejam felizes e possuam as causas da felicidade.

E se temos compaixão queremos que os seres sejam livres do sofrimento e das causas do sofrimento.

Que todos os seres sejam felizes e possuam as causas da felicidade.

03/11/19 - M. Jecko

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon

Procure pelas Tags

Please reload