Irmão brilhante

Noites claras, céu brilhante

Estrelas cintilantes,

Ruas nuas, iluminadas

Sombras passantes, quem sabe errantes?

Planetas giram, anéis de diamantes.

Seres estranhos e alheios ao céu brilhante

Vagam dispersos à procura da Luz.

No espaço, ruas em tapetes de estrelas.

Anjos do céu em plantão permanente,

Aguardam sorridentes com abraços 'calientes'

Seres passantes em tapetes bordados.

A paz, o amor em noites claras

De céu lunar

Que assim seja.

Carminha 2014

Posts Recentes
Procure pelas Tags