Procure pelas Tags

Please reload

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon

O Príncipe Gato e a Princesa Lótus

Muito além das galáxias, existia um pequeno reino onde o seu rei, chamado Antônio, muito gentil e carinhoso com os seus súditos, gostava de escrever histórias. Uma delas, o tornou muito famoso no reino, e retratava as caminhadas de um Pequeno Príncipe que vivia no seu minúsculo país com a sua rosa.

Muito além das galáxias, existia um pequeno reino onde o seu rei, chamado Antônio, muito gentil e carinhoso com os seus súditos, gostava de escrever histórias. Uma delas, o tornou muito famoso no reino, e retratava as caminhadas de um Pequeno Príncipe que vivia no seu minúsculo país com a sua rosa.

 Sua Majestade Antônio, tinha um pequeno avião que ele usava para, depois de concluídas as histórias, voar e lançar pelas janelas da aeronave o conteúdo escrito, de forma que todos do seu reino pudessem ler e sonhassem como ele. O rei estava se preparando para mais uma viagem quando foi surpreendido pela queda de dois corpos estranhos, vindos do céu, que estavam transfigurados pela viagem no tempo entre as galáxias. Ao se aproximar mais perto, o Rei Antônio tomou um grande susto: era um casal de bruxos sem vida! ...

                                           

Mas vamos à nova história do Rei Antônio...

 

                                                            *****************************

 

“No Reino de Gaia, em uma das Galáxias desse imenso mundo de Deus, havia um Rei que andava pelas ruas sempre muito triste, à procura do seu querido filho que desaparecera havia um ano, como que por um passe de mágica. Ninguém pedira dinheiro para devolver o pequeno príncipe e, embora todos os soldados do Reino tivessem procurado, não havia nenhuma notícia do jovem herdeiro, filho único de Sua Majestade. O príncipe nasce, mas logo em seguida a mãe morreu, virou uma estrela. Era muito triste para o povo ver o Rei Urano andando aqui e ali, desorientado. As pessoas abraçavam o Rei, consolando-o.

 

Quase junto ao Rei, perambulava um gato malhado de preto com branco que apareceu na cidade, assim do nada. Mas tão lindo era, com os seus olhos verdes e grandes bigodes, que o moradores lhe deram o nome de Pretinho. Um gato carinhoso, que se deixava ser acariciado por todo mundo. Entretanto, as crianças e jovens, acreditavam que Pretinho era um gato triste, que andava e parava para o olhar para o alto, com os seus grandes olhos, mirando o céu e miando, como se estivesse procurando alguém. Há quem dizia que ele chorava, outros que ele miava mesmo.

 Pretinho, depois de perambular, voltava para perto de um pântano para dormir e passar a noite ao final do dia, quando o sol já tinha ido deitar também. Ao amanhecer, antes de o sol nascer, ele já estava de pé para andar pelas ruas do Reino de Gaia, continuar a sua busca. Ao chegar e ao sair, Pretinho, ia nesse pântano, beber um pouco de água para recompor as energias.

 

Pelas calçadas do Reino caminhavam o Rei Urano e o gato Pretinho, buscando o que, parecia, haviam perdido. Eles até se cruzavam pelas ruas, mas nunca se olhavam. Estranho.

 

Um dia, o gato Pretinho resolveu voltar para o pântano mais cedo, ainda com o sol bem presente, e foi beber as gotas de água da vida quando se deu conta da beleza que havia na superfície desse lago. Uma coleção enorme de flores de lótus, de toda sorte de cores, com perfumes inebriantes tão lindas que ele, Pretinho, nunca havia visto coisa igual de beleza.

 Pretinho parou olhou para as flores e disse: “como vocês são lindas!” E se aproximou de uma das mais belas, a cheirou, e não se conteve, lhe dando um pequeno e furtivo beijo bem no meio de suas pétalas. E... zap plact plum ...a flor se transformou numa linda jovem e ele, deixou os pelos negros e brancos e se transformou num príncipe. Eles se olharam, e se abraçaram, pois já se conheciam desde quando eram pequenos.

 

O príncipe gato era, na verdade, o filho do rei Urano desaparecido, e a flor de lótus, era a princesa do Reino de Vênus que também estava desaparecida. O príncipe se chamava Jean e a princesa Lisa.

 

Os dois correram para o Reino de Gaia para anunciar ao rei Urano o milagre, o fim da bruxaria a que tinham sido submetidos pelo casal de bruxos que voava pela galáxia infernizando a vida de todos e lançando o pó da transformação sobre muitos príncipes e princesas.

 

O rei Urano ficou muito feliz em receber o casal, e para celebrar anunciou que se casaria novamente. Mandou colocar propagandas pelo reino em busca de uma candidata a noiva. E no dia seguinte, a fila de candidatas dobrava o quarteirão, pois muitas jovens gostariam de se casar com o rei, por ser ele muito bondoso, apesar de nem ser bonito, mas tinha um coração bem grande.

 

Depois de dois dias de entrevistas, o Rei Urano anunciou a sua escolha. Era a jovem Maria das Flores, que trabalhava na feira da cidade vendendo e falando de suas flores, dos seus perfumes e do seu poder de amor sobre   todas as pessoas. Maria das Flores, tinha os cabelos perfumados como flores de rosas.

 

O Reino de Gaia celebrou em uma semana, dois lindos casamentos.

E, doze meses depois, os sinos badalavam a chegada de dois novos moradores reais do Palácio: o príncipe Sol, filho do rei Urano e da rainha Maria das Flores, e a princesa Luz, filha do príncipe Jean e da princesa Lisa.

O Reino de Gaia viveu tempos de festa e muita alegria”.

 

Fim

 

De volta ao Rei Antônio...

 

Ah, o rei Antônio, o escritor, antes de entrar em seu avião para distribuir a sua nova história, sorriu e entendeu quem eram aquelas duas criaturas que caíram do alto, sem vida, o bruxo e a bruxa malvados, que perderam as suas forças depois de tantas maldades. Ele sorriu, deu as costas, entrou no avião todo feliz e partiu para lançar a sua nova estória pelo ar!

Sua Majestade Antônio, tinha um pequeno avião que ele usava para, depois de concluídas as histórias, voar e lançar pelas janelas da aeronave o conteúdo escrito, de forma que todos do seu reino pudessem ler e sonhassem como ele. O rei estava se preparando para mais uma viagem quando foi surpreendido pela queda de dois corpos estranhos, vindos do céu, que estavam transfigurados pela viagem no tempo entre as galáxias. Ao se aproximar mais perto, o Rei Antônio tomou um grande susto: era um casal de bruxos sem vida! ...

 

                                                            

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Recentes

05.03.2019

13.11.2018

Please reload

Procure pelas Tags
Please reload